O que a Jane come num dia #1

Olá a todos!
Hoje o post vai ser uma sugestão de refeições para um dia de primavera!

Pequeno almoço

18009380_1284411014941135_1890735596_n
Smoothie: morangos, banana e leite de amêndoas.

 

 

                                                                             Almoço

17965039_1284411044941132_1584314403_n
Cogumelos salteados com espargos, pimento vermelho e tomate seco, acompanhado de esparguete integral e ervilhas.

 

 

 

 

 

 

Lanche/ Snack

18009970_1284411074941129_906227364_n
Iogurte de soja de pêssego com fruta, cereais e sementes variadas. Chá de maçã e canela.

                                                                                         Jantar

17974145_1284411094941127_946463185_n
Mix de batata, batata doce, abóbora e grão de bico, temperados com azeite, paprika e flor de sal, juntamente com uma salada de alface, agrião, cebola, rúcula e beterraba.

 

 

 

É claro que todas estas ideias servem apenas como inspiração e cada um tem as suas necessidades físicas e nutricionais! 🙂

Espero que tenham gostado e até à próxima!

Gelado de chocolate saudável

Boa tarde!
Hoje vamos ter no blog mais uma receita absolutamente deliciosa e viciante: Gelado de chocolate.

Bem, normalmente, quando se fala de receitas deliciosas, ainda para mais uma sobremesa, há que confessar que ninguém pensa que possam ser saudáveis ao mesmo tempo. Mas esta foge completamente a essa “regra”.
Este gelado não vai ter nada que ponha em risco a nossa preocupação pela nossa alimentação ou linha.

Ingredientes:
* 1 banana congelada (podemos pô-la no congelador na noite anterior ao dia em que pretendemos fazer o gelado);
* 2 colheres de sopa de cacau em pó ;
* 1/2 xícara de leite de amêndoas (ou qualquer outro vegetal);
* 1 colher de sopa de amendoins torrados (opcional).

Preparação: 17619096_1261434270572143_110035306_n
1* – Num blender ou processador de alimentos, juntamos a banana, o cacau em pó e o leite de amêndoas. Batemos tudo até a consistência atingida ser idêntica à de um gelado.
2* – De seguida, adicionamos os amendoins e damos mais uma mexida leve.
3* – E é só isto, está feito!

Dica: Como topping, podemos adicionar umas raspinhas de chocolate ou mais amendoins (ou frutos secos à escolha).

Experimentem e espero que gostem! 🙊

 

 

 

Água de alecrim e alfazema

Olá a todos!
Hoje, eu e a Jane damo-vos a conhecer algo espetacular: a água de alecrim e alfazema.

Esta água super benéfica vai ter dois focos principais: a pele e o cabelo.
O alecrim é ótimo a remover impurezas e a tonificar a pele. No cabelo, combate a queda e fortalece os fios.
A alfazema estimula a pele seca, é excelente para feridas e queimaduras, ajuda no atraso do envelhecimentos da pele e também na sua regeneração. No cabelo também contraria a tendência para a queda e estimula muito o crescimento.

Ingredientes:
* água (a quantidade varia consoante o tamanho do recipiente que vai ser usado para a guardar);
* 3 raminhos de alecrim;
* 3 raminhos de alfazema;
* 1 colher de chá de óleo de coco (opcional para dar uma hidratação extra).

* recipiente

Preparação:
*1 – Começamos por colocar a água ao lume e assim que começar a ferver juntamos o alecrim e a alfazema;
*2 – Baixamos a temperatura, tapamos a água e deixamo-la ferver com os dois ingredientes durante cerca de 15-20 minutos;
*3 – Passado esse tempo, desligamos e deixamos arrefecer um pouco;
*4 –  Juntamos a colher de chá de óleo de coco, mexemos bem e deixamos repousar por mais uns minutos;large
5* – Coamos a água para o recipiente e deixamos arrefecer totalmente antes de o fechar. De seguida é só guardar no frigorífico e usar sempre que pretendido.
(*Nota: Aguenta aproximadamente uma semana!)

Dicas:
* Na pele pode servir como tónico refrescante e ativar a circulação, por exemplo, depois de passar o desmaquilhante ou de fazer uma exfoliação.
* No cabelo é uma ótima ideia para passar da metade para baixo depois de um banho quente, onde os cabelos são normalmente sujeitos a elevadas temperaturas que não fazem nada bem aos fios. Assim,  servirá para evitar que fiquem secos e quebradiços e também para dar mais brilho, especialmente pelo alecrim.

Espero que tenham gostado e que experimentem porque vale muito a pena.
Até à próxima!

2 Lip balms

Olá, amigos da natureza!

No post de hoje vou ensinar-vos a fazer dois lip balms facílimos e super naturais. O primeiro de beterraba e pétalas de camélia vermelha; o segundo de limão e alecrim. A base dos dois vai ser a mesma: o mágico óleo de coco.

Começando pelo de beterraba e camélia vermelha! A principal característica deste lip balm vai ser a cor, por isso vamos optar por dois ingredientes de cor viva. Precisamos de:
* 3 colheres de chá de óleo de coco
* 1 rodela de beterraba
*3 pétalas de camélia de vermelha

* água
* tacho pequeno
* taça pequena
* recipiente para o balm 2d26b8520ad46a968ab24d1e411c422e

1* – Começamos por derreter o óleo de coco em banho-maria, colocando-o numa taça e esta dentro de um tacho com água. Não convém que a água entre para dentro da taça, por isso, aconselho prudência neste passo.
2* – Enquanto a água aquece e o óleo derrete, juntamos a rodela de beterraba cortada em quartos e as pétalas de camélia.
3* – Agora, é só deixar o óleo, já derretido, absorver a cor destes dois ingredientes durante cerca de 15 minutos.
4* – Quando a cor atingida for um rosa bebé, podemos retirar a beterraba e as pétalas, transferir o óleo quente para o recipiente escolhido e colocá-lo no frigorífico durante 30-45 minutos no mínimo.
5* – Está pronto a usar!
______

No de limão e alecrim já é o sabor que sobressai mais, sendo que a cor é mais neutra.
* 3 colheres de chá de óleo de coco
* 4 pedaços finos de casca de limão
* 1 raminho de alecrim

* água
* tacho
* taça 6e828c1bbc7bec472974124edd4f4cab
* recipiente

1* – O processo aqui é igual ao anterior.
2* – Enquanto o óleo derrete, acrescentamos a casca de limão e o ramo de alecrim partido em partes e deixamos durante aproximadamente 15 minutos.
3* – Retiramos de novo os ingredientes do óleo, transferimo-lo para o recipiente e deixamo-lo no frigorífico durante 30-45 minutos também.
4* – E já está!

Dica: Para decorar, podemos colocar umas raspinhas de beterraba no fundo do respetivo recipiente e uma pequena rodela de limão no outro. Assim conseguimos mais cor e também fica mais bonito!

Espero que tenham gostado destas duas ideias e que as experimentem também!
Tenho a certeza que, com uns lábios tão perfeitinhos, a Jane teve de experimentar um destes!! 💋

17006189_1232560860126151_324691799_n-1

Batata doce com legumes e castanhas em molho de paprika e tomate seco

Olá!

Hoje trago uma receita: Batata doce com legumes e castanhas em molho de paprika e tomate seco. É simples de fazer e ao mesmo tempo tem uma grande variedade de alimentos e de cor, o que, para uma boa alimentação é muito importante!

Acho que a Jane era bem capaz de apostar nesta receita num dia em que estivesse farta de comer papaia!


Passando à receita:

Ingredientes:
* 1 batata doce;
* 1/2 xícara de chá de ervilhas;
* 1/2 xícara de chá de couve roxa;
* 1/2 dúzia de castanhas descascadas (congeladas);
* 3 tirinhas de pimento vermelho;
* 1 dente de alho médio;
* 3 colheres de sopa de tomate seco (em frasco);
* 3 colheres de sopa de paprika;
* azeite;
* água;
* sal.
(Nota: as quantidades podem sempre ser alteradas consoante o número de pessoas. Esta receita serve 1 pessoa.)

Preparação:
1* – Como a batata doce é o que mais demora a cozinhar, lavamo-la e pômo-la a cozer com casca, apenas em água, durante aproximadamente 20 minutos.
2* – Enquanto isso, podemos começar a cortar o pimento em cubinhos;
3* – Assim que a batata doce estiver quase cozida, juntamos as ervilhas (caso ainda não estejam cozidas) e as castanhas, pois cozem muito mais depressa (aprox. 7 minutos). 16933487_1230101423705428_1565991695_nQuando a batata doce estiver pronta, retiramo-la e reservamos.
4* – Num tacho juntamos um fio de azeite, o alho já picado, o tomate seco e a paprika e aumentamos a temperatura até fervilhar. Agora podemos ir juntando 5 colheres de sopa de água e ir mexendo.
5* – A este ponto, as ervilhas e as castanhas devem estar prontas.
6* – Agora podemos juntar os restantes ingredientes ao refogado: a couve roxa, o pimento, as ervilhas e as castanhas.  Tapamos e deixamos em lume brando durante 3-4 minutos. Por esta altura a batata doce deve ter arrefecido. Descascamo-la (a pele deve sair facilmente, sem ser preciso usar faca) e cortamo-la às rodelas.
7* – Após algum tempo de fervura, juntamos a batata aos legumes com uma pitada de sal e deixamos por mais uns minutos.
8* – Está pronto!

Bom apetite 🐒

1º post: 5 usos de óleo de coco

Boa tarde a todos!

Como primeiro post, decidi apostar num assunto que, na minha opinião, é dos que mais dá que pensar em relação à vida da Jane. Acredito que uma rapariga tão bonita e que sempre gostou de se arranjar, apesar de continuar a ter acesso a váriosa1c0d03d3f48d246208b7ea556b48f0e artigos e produtos da sua vida de english girl, deve ter-se visto na necessidade de descobrir alternativas naturais aos produtos de beleza que costumava usar.
Assim, decidi começar a minha jornada aqui no blog com uma das coisas que mais adorei descobrir e que veio, sem dúvida, enriquecer o meu estilo de vida e que certamente enriqueceu o dela também: o Óleo de Coco.

Grande parte das pessoas tem a ideia de que este produto é demasiado dispendioso para o uso que lhe pode ser dado mas se o soubermos investigar encontramos imensas utilidades.

1* – Desmaquilhante: uma das minhas utilizações preferidas do óleo de coco é esta. Para além de remover muito bem a maquilhagem dos olhos, acaba por hidratar a zona das olheiras e diminuir o inchaço e a escuridão que muitas vezes temos depois de remover corretores e afins. Pode, claro, ser também utilizado para remover a restante maquilhagem do rosto.

2* – Hidratante de cabelo: a melhor forma de o usar! Quando sabemos que vamos lavar o cabelo, passamos óleo de coco da metade para baixo (principalmente nas pontas, que é normalmente a zona mais danificada), fazemos uma trança e deixamos por umas horas. Na hora de tomar banho, lavamos normalmente o cabelo. À medida que vamos fazendo esta hidratação , o cabelo vai ficando mais brilhante e saudável. É um excelente reparador de cabelo!

3* – Iluminador ou blush em creme: para o efeito de uma pele mais saudável, na hora de usar o blush ou o iluminador, podemos misturar umas gotinhas de óleo de coco com estes produtos e, para além de um efeito natural, não corremos o risco de exagerar nas quantidades (principalmente no blush), uma vez que é muito mais fácil corrigir maquilhagem em creme do que em pó.

4* – Sérum de pestanas: este óleo é uma ótima escolha para hidratar as pestanas, especialmente depois de um dia em que uma máscara ou um rímel mal as deixaram respirar. Depois de desmaquilhar ou de limpar o rosto, passar um pouquinho de óleo de coco nas pestanas é sempre benéfico: estimula o seu crescimento, hidrata-as e remove algo que possa não ter saído à primeira.

5* – Bálsamo para lábios: acho que aqui o sabor delicioso diz tudo!

Estas são algumas das formas mais interessantes de usar este produto super natural. Outras ideias virão numa próxima vez!
Espero que tenham gostado deste primeiro post e que vos tenha sido útil! Feel free to ask me anything you want… or Jane!